Pie de Nozes
23, agosto 2010

Pie de Nozes

Sou do tipo de pessoa que foge a todo custo do tédio. Preciso ter borboletas presentes no meu estômago e angario inspiração em cada esquina. As borboletas são facilmente providenciadas através de minhas peripécias da hora – como dar aula por exemplo?hárara… – mas como obter esta inspiração que nos faz girar a roda da vida diariamente e acreditar que o mundo não está perdido?

Viagens nos empolgam, paisagens nos deslumbram, mas nada me inspira mais do que a gargalhada de minha filha e histórias de pessoas que fazem A diferença. Esta receita foi sugerida pela querida leitora Cleide, uma professora de matemática adorada pelas alunas, que não só me inspirou em meio aos devaneios mas constantemente traz uma brisa morna em meu coração através de suas palavras. Cleidíssima enfrenta leões em seu dia-a-dia, devido a uma doença hereditária complexa e apesar disso tudo, ela é pura alegria de viver.

Felizmente, conheço tantas outras pessoas iluminadas e que apesar dos mais diversos pesares são irradiadoras de alegria … e são essas que queremos ao nosso redor, não?

Uma salva de palmas…

…e uma pie de nozes à estas pessoas!:DIngredientes da Massa:
1.1/2 xícara de farinha de trigo
1.1/2 xícara de xerém – castanha de cajú moída
6 colheres de açúcar mascavo
225 g de manteiga sem sal gelada, cortada em cubinhos

Se você tiver um processador em mãos, mais fácil impossível. Coloque tudo dentro e processe até virar uma bola. Se não, você pode fazer na batedeira ou na mão. Forre uma fôrma de quiche de aproximadamente 22 cms diâmetro. Fure com um garfo e leve para assar em forno pré-aquecido a 180oC até dourar – cerca de 20 minutos.

Ingredientes do recheio: inspirado aqui
1 xícara de glucose de milho – ou mel
1 xícara de açúcar mascavo
1/3 colher (chá) de sal
1/3 xícara de manteiga derretida
3 ovos – só tinha 1 ovo!rs…
2 xícaras de nozes – as comumente encontradas ou pecan
1 colher (sopa)+ 1 colher(chá) de gengibre ralado – adicionei com o intuito de amenizar o doce gritante e ficou muito bom.

Proteja as bordas de sua torta com papel aluminio(ver foto), para não queimar as bordas.
Bata todos os ingredientes, com exceção das nozes. Para um melhor acabamento, misturei algumas colheradas desta calda às nozes. Verta a calda sobre a massa de torta assada e por cima distribua as nozes. Leve ao forno pré-aquecido a 180oC por cerca de 45 minutos. Deixe esfriar e só então desenforme. Esta torta é originalmente feita com noz pecan. Utilizei a noz que costumamos encontrar com facilidade no mercado. Para dar um toque brasilis, fiz uma massa amanteigada com xerém que combina perfeitamente com o recheio de nozes e adicionei gengibre – ok, esse toque foi orientalis – na calda butterscotch. Ficaria perfeito se tivesse sido servida com sorvete de baunilha.
……………………………………………………………………………………………………………….
Se você tiver uma histórinha ou pessoa “fonte inspiradora”, deixe o seu recadinho.

Carpediemos, caro chocólatra de plantão, carpediemos…