Pecan pie
13, janeiro 2015

Pecan pie

Pecan pieDesde o dia primeiro deste ano, vivo em esquema de quarentena por conta da conjuntivite. Já são quase 15 dias enfurnados em casa. Certamente as minhas resoluções de começo de ano, foram repensadas à exaustão neste período: preciso me cuidar melhor, nutrir o meu sistema imunológico, fazer um bendito óculos atualizado {cumprido!}, ser menos displicente com papeladas e principalmente: aproveitar cada minuto do meu corpo sadio. No total, foram trinta chibatadas, mas tudo em prol a uma pessoa melhor e mais feliz.

A tendência humana nesses momentos de clausura, é o de frustração e uma pontinha depressiva-bucólica-entediada. Realmente, adoecer em uma época de descanso e diversão soou como tortura para mim. Mas há malas que vão para Belém. Coincidentemente neste período, conheci um projeto adorável, simples e muito válido nos dias de hoje chamado #100happydays.

Antes de mais nada, isto não é um publieditorial. Hárara…

O desafio:
100 happy days

Gostei deste desafio, principalmente depois de ter lido que 71% das pessoas não conseguem completá-lo. Isso me intrigou…e muito. No mundo cibernético e maluco de hoje, não somos capazes de reconhecer um instante de felicidade e uma oportunidade de auto-conhecimento, mas perdemos horas em redes sociais da vida curtindo a vida alheia, horas lutando contra doces, balas e brigadeiros virtuais e vejo casais mais conectados aos celulares do que com a pessoa que está em sua frente. Algo está errado.

Eu sou uma pessoa aficcionada por celular e internet. Mas vejo que em certos momentos exageramos. Por isso deletei o meu perfil no facebook no ano passado, resmungo com o sr. Chocolatria quando ele insiste em jogar no celular quando esperamos pela comida e resmungo ainda mais com os meus “amigos de vida” quando saímos para um happy hour e vejo alguns isolados em seus celulares.

Eu curto pessoas e cada momento é sagrado.

Se você quiser ver as fotos do desafio e do meu dia-a-dia, acesse o meu instagram!
Pecan pie

Vamos à receita da postagem. Ganhei um saco enorme de pecans preciosas, frescas e deliciosas de minha querida Sissy {ela foi minha estagiária!}. A qualidade das mesmas é indiscutível e rende pecan pies absurdamente deliciosas. A mesma pode ser feita com nozes comuns, que são mais fáceis de se encontrar! Para quem quiser, tenho uma outra versão de torta no blog, feito com essas nozes: a pie de nozes.

Esta torta foi inspirada na tia Martha, mas a base da massa peguei da receita de apple pie.

Ingredientes do shortcrust/base:
2 xicaras de farinha de trigo
3 colheres (sopa) de açúcar refinado
150 g de manteiga cortada em cubinhos
2-3 colheres (sopa) de água gelada

Modo de Fazer:
Em um processador, junte a farinha o açúcar, a manteiga e bata até virar uma farofa. Enquanto bate, adicione a água gelada até obter uma massa macia. Embale a massa em saco plástico ou filme plástico e leve à geladeira por cerca de 30 minutos. Você pode fazer esta massa com as mãos, se preferir.
Abra a massa com o auxílio de um rolo de macarrão até obter espessura de cerca de 3 mm, em uma superfície levemente enfarinhada. Acomode em uma fôrma de 30 cm de diâmetro e recorte as rebarbas com os dedos. Fure o fundo da massa com um garfo, evitando deste modo que infle. Leve para pré-assar, em forno pré-aquecido a 180oC por cerca de 15 minutos. Reserve.
Pecan pie
Ingredientes do recheio:
4 ovos grandes
1 xícara de maple syrup ou glucose de milho amarela – tipo Karo. Eu tinha a última dose de maple no estoque.
1/3 xícara de açúcar mascavo
1/4 xícara de açúcar refinado
4 colheres (sopa) de manteiga sem salderretida
3 xícara de noz pecan

Modo de fazer:
Toste as nozes em uma frigideira para resgatar a sua crocância e aromas. Deixe esfriar.
Em uma tigela, bata os ovos e adicione o maple/glucose, os açúcares e a manteiga. Misture bem.
Verta esta mistura sobre a massa pré-assada, disponha as nozes e leve ao forno pré-aquecido a 180oC por cerca de 50 minutos ou até que o recheio esteja assado, porém ainda mole em seu interior. Sirva frio.
Pecan pie

Gostou da receita? Me dê um alô!;)