Blog

Promoção Zotter & Chocolatria

Caramel bacon 11

É com grande orgulho que promovo este concurso de Páscoa Zotter & Chocolatria. Desde o momento que conheci a marca, virei fã do sr. Josef Zotter.

A marca austríaca é mundialmente conhecida pelo incrível trabalho realizado no mundo da chocolateria. É a única marca européia orgânica a fazer todo o processo de transformação do grão à barra {bean-to-bar}, prega o comércio justo desde 2004, os seus chocolates não contém glúten, o visual de suas barras e embalagens são extremamente artísticas e cativantes {assinadas pelo designer alemão Andreas H.} e as combinações envolvendo gengibre, chili, frutas, flores e outros são um presente refrescante às nossas papilas…
Caramel bacon 8Caramel bacon 9

Curioso?
Acesse a loja virtual brasileira e conheça os produtos à venda em terra brasilis:

Site: Zotter Brasil

Experiência Zotter & Chocolatria:
Recebi muitos, mas muitos tabletes para degustação {♡} e para fazer algumas experiências na cozinha. Inspirada no vanguardismo da marca, resolvi elaborar uma receita de um chocopop de caramelo, espetado em um salgadinho “Sticksy”, coberto com chocolate amargo e adornado com bacon tostado. Doido? Sim, mas foi pura diversão fazer e… comer… ;D

Ingredientes para a massa de caramelo:rendimento 10 chocopops
1 barra Karamell Zotter
1 colher (sopa) cheia de creme de leite com 25% de gordura UHT
10 salgadinhos “Sticksy” ou palitos de pirulito

Para cobrir:
1 barra de chocolate amargo Zotter
10 tiras de bacon tostado e processado
Caramel baconCaramel bacon4Modo de Fazer: Derreta o chocolate de caramelo em banho-maria ou potência média do microondas até que esteja fluído. Adicione o creme de leite e misture bem até obter uma massa homogênea. Leve para refrigerar na geladeira até firmar. Porcione 10 bolinhas, boleie, espete o Sticksy ou palito e mantenha na geladeira para não perder o ponto.
À parte, derreta o chocolate amargo e aplique a temperagem/choque térmico apropriado. Disponha o chocolate em um bowl para ter mais conforto para banhar os seus chocopops. Logo após o banho dos chocopops no chocolate, passe a borda em bacon tostado. Leve o seu chocopop para cristalizar na geladeira por cerca de 5 minutos.
*Dica: você pode tostar o bacon no microondas, entre 2 guardanapos até obter o ponto desejado. Assim, ele fica crocante e sequinho. Para aplicar no chocopop, você pode processá-lo para um acabamento mais fino ou picar com uma faca grande. Caramel bacon 14E finalmente o CONCURSO DE PÁSCOA Zotter & Chocolatria!

Concorra a uma linda bolsa térmica Zotter, RECHEADÍSSIMA de chocolates Zotter! Para concorrer, basta deixar um comentário nesta postagem com uma mensagem amistosa {hárara…} e nome completo. Promoção válida apenas para os residentes brasileiros.Promoção Zotter&ChocolatriaSerão aceitos comentários até o dia 21/04 à meia-noite! O sorteio e a divulgação do contemplado(a) que terá a boa sensação de Páscoa prolongada, será realizado no dia seguinte!

Boa sorte!!
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Sorteio realizado no dia 22/04/14, através do sistema de sorteio www.random.org. Parabéns, Monica Vernizi! Envie os seus dados para contato@chocolatria.com e tenha uma ótima Páscoa prolongada!! Obrigada a todos os participantes!!
Sorteio
Sorteada


Bala de brigadeiro

Bala de brigadeiro A gata Chèrie que me acompanhou por mais de uma década, virou uma estrelinha recentemente.

Nos primórdios tempos de arquiteta, a recolhi quando a encontrei na minha vaga de estacionamento, parindo filhotes. Ela não era uma simples gatinha. Por trás daqueles olhos coloridos {azul de um lado, verde de outro}, habitava um espírito evoluído que equilibrava o ambiente do lar, consolava corações, relevava apertões e puxões dos meus filhos passivamente e apesar do background indefinido, nunca me deu trabalho.

Ela era realmente especial.

Preparei o espírito de Divinha com grande antecedência, mas esqueci de preparar o meu. Supri um pouco dessa carência, adotando recentemente 3 babies Buda indianos {um deles na foto acima!} que avistei numa vitrine e me apaixonei de imediato. Não tenho mais o “welcome back home” da gata Chèrie, mas ao menos quando chego no espaço Chocolatria sou recebida por esses bebês fofos que me saúdam e animam o meu astral.Bala de brigadeiro

Segue uma receitinha de bala de brigadeiro, feito em parceria com as minhas divetes Manú e Sissy. Estas balas ficaram deliciosas, principalmente se consumidas no dia. Dica: são congeláveis!

Ingredientes:
Rendimento: esse tanto de balas mostradas na foto

1 lata de leite condensado
1 lata de doce de leite
300g de creme de leite
20g de manteiga sem sal
100g de chocolate amargo – utilizado dark Callebaut com 53,8%
20g de glucose transparente

Modo de Fazer:
Misture todos os ingredientes em uma panela e leve ao fogo brando. Cozinhe até obter ponto de corte. Você pode certificar se o ponto é o ideal fazendo um teste de resfriamento rápido de sua massa. Espatule uma fina porção da massa em uma travessa congelada e leve ao freezer por cerca de 5 minutos. Passado este tempo, verifique se a massa possibilita bolear perfeitamente e se esta bolinha está bem firme {ponto de toffee}. É um ponto mais puxado de panela do que o ponto de brigadeiro convencional de enrolar, cerca de 10-15 minutos a mais na panela. Portanto, preparem os bracinhos!

Amorne a massa pronta para só então enformar em uma assadeira previamente forrada com duas tiras de papel celofane, compridas o suficiente para cobrir a barra por inteira. Leve ao freezer por cerca de 1 hora ou até estar firme o suficiente para cortar em tiras e depois em quadradinhos. Embale cada quadradinho logo em seguida em um quadrado de celofane de torção. Enjoy.Bala de brigadeiro


Palha italiana de chocolate

Palha italiana de chocolateAh, como adoro o Carnaval…

Apesar de ter nascido no dia comemorativo do samba, nasci avessa às celebrações de rua, ziriguiduns e terecotecos. Só para você ter idéia, quando criança eu preferia assistir aos anúncios das notas das escolas de samba do que o desfile em si.

Me perdoem aficcionados pelo Carnaval, mas esta sou eu.

Ah, mas como adoro o Carnaval e seu período de ócio prolongado sem culpa nenhuma. Afinal, para mim soa pecaminoso, sofrido, inútil e desnecessário trabalhar enquanto todo o país se mata de beber, grita aleluia e come como se não o amanhã não existisse.

A família Chocolatria tomou rumo ao campo bucólico e se aconchegou na já conhecida chácara de D. Melô. Comi muito bem, dormi bastante, desconectei do trabalho e testei receitas para o blog.

Voltei feliz… felizz…. felizzzzz…
Palha de ChocolateSegue uma receitinha de fácil aceitação popular. Geralmente a palha italiana é feita com massa de brigadeiro branca, mas como tenho um devil inside insistente, sempre acho que com chocolate tudo fica mais gostoso.

É uma massa de brigadeiro gourmet em ponto de enrolar, simplesmente misturada a biscoitos quebrados ♡

Ingredientes:
1 lata de leite condensado
50g de manteiga sem sal
60g de creme de leite
100g de chocolate em barra – usei um 50%. Caso prefira, você pode substituir por chocolate em pó ou chocolate em barra ao leite, meio amargo, etc…
cerca de 3/4 de um pacote de bolacha maisena quebrado
açúcar refinado para envolver

Modo de Fazer:
Leve o leite condensado, a manteiga, o creme de leite e o chocolate em barra picado em uma panela de fundo grosso ao fogo moderado. Quando iniciar uma breve fervura, abaixe o fogo e misture sem parar até obter uma massa em ponto de enrolar. Você pode fazer um teste de ponto, retirando a panela do fogo e levando uma pequenina porçao espatulada em uma louça congelada ao freezer por cerca de 5 minutos. Passado este tempo, se você conseguir bolear com tranquilidade, chegou ao ponto certo. Adicione as bolachas quebradas, misture até envolver por completo e modele em uma forma forrada com papel filme, papel manteiga ou celofane transparente. Nivele e leve à geladeira até firmar. Quando endurecer, desenforme, retire o invólucro e corte em quadrados. Passe em seguida no açúcar refinado.

Um obrigada especial e um beijinho com sabor de palha italiana à minha querida modelo Tici:
Palha de Chocolate e minha modelo Tici


Bolo Fácil de Avelãs

Bolo de avelãsVolto neste cafofo timidamente, como se fosse uma pessoa que deve uma visita a uma outra querida há um tempão. Não foi por falta de vontade, apenas entrei num ritmo maluco de vida que me fez entrar em parafuso… parar… analisar… resetar.

Me libertei de algumas coisas, deleguei outras e simplifiquei tantas outras.

A minha natural alegria de viver estava se esvaindo pelo ralo mediante tantas obrigações. O meu maior defeito sempre foi o de exceder nas tarefas e abraçar mais causas do que deveria. Agora, tendo dois filhos para cuidar, preciso ter uma atenção maior à família e a minha saúde mental, senão o corpo padece. Menos cobrança em atender às minhas próprias exigências, mais momentos de diversão.

Ao invés de rugas, por que não patins?;)

Então com este pensamento, mudei a rotina e como forma de terapia volto a fazer muitas coisas que me fazem bem e sustentam a sanidade mental para manter a rotina administrativa e burocrática daquilo que faço de melhor {chocolates}.

O fuzuê de obras do espaço Chocolatria é uma página virada e a minha empolgação cresce a cada dia mediante decoração final de nossa pequena, mas adorável lojinha. Espero em breve trazer novidades para vocês \o/
boloavelas2

Segue uma receita de um bolo ridículo. Ridículo de fácil. Ridículo de bom. Apenas 3 ingredientes. Se casado com uma calda magnífica de ganache… Omg, shut up!

Ingredientes para o bolo
Receita descoberta pela amiga Lucci, aqui.

4 ovos grandes
1 xícara de avelãs torradas e processadas até virar uma farinha
350g de chocolate ao leite – você pode trocar por meio amargo

O modo de fazer é mamão com açúcar, isto é… muito fácil. Bata os ovos até dobrar de volume. Junte a o chocolate previamente derretido aos poucos e por último a farinha de avelãs. Disponha em uma assadeira untada e polvilhada com chocolate em pó/cacau de cerca de 23 cms de diâmetro. Leve ao forno pré-aquecido a 180oC por cerca de 30-35 minutos. O ponto perfeito é quando tremido na grade, o bolo esteja firme, com exceção do miolinho que deve aparentar umidade. Neste ponto, o seu bolo resultará numa massa úmida e gostosa.

Calda de ganache:
300g de creme de leite pasteurizado (de lata, com soro e tudo)
300g de chocolate ao leite derretido

Misture os dois ingredientes vigorosamente até obter uma calda lisa, sem grumos e homogênea. Sirva com o bolo.


Panqueca de banana e cacau... sem cacau

Panqueca de Banana e Cacau

Passado o furor do lançamento do my precious, voltei a minha atenção ao fuzuê de obras do Espaço Chocolatria.

No primeiro dia de obra, lembrei-me do por quê de ter largado desse ramo… no último, o nervo involuntário da face estava prestes a pulular, a minha mente a explodir, dark side aflorado e a idéia de uma fuga não planejada para qualquer direção e sem volta marcada muito me seduzia.

Dizem que o bacana da coisa não é o chegar lá e sim curtir o processo em si. Mas é muito difícil curtir a paisagem, quando o cenário é caos, desordem, quebradeira, filhos carentes, almoços inexistentes e noites mal dormidas por conta de preocupações…

Imaginem uma maluca descabelada com fome, sono e humor afetado *-*

Inauguramos o espaço aos trancos e barrancos. Muitas coisas serão ajeitadas aos poucos, mas a cozinha já está funcionando a todo vapor para as aulas Chocolatria que reiniciaram na semana passada \o/
Espaco ChocolatriaFelizmente as nuvens pretas estão dando lugar a um céu lindo, sol forte e vento gostoso…

Findado o período obscuro de gastos e zicas de obra, me animo com o potencial do espaço e suas inúmeras possibilidades. Muitas idéias, planos e pessoas maravilhosas estão chegando até a mim. Estou conseguindo direcionar as minhas aulas durante a semana para ter o valioso final de semana com a família {que demorou 4 anos para vingar!}. Planejo um período semanal para me dedicar às receitas deste blog… coisa que adoro e faço com muito amor. E quando menos esperarem, inauguraremos uma lojinha com os nossos produtos para o público direto.

Depois de 11 anos de labuta, o sonho se realiza. Obrigada a todos que me incentivaram, compraram os docinhos da Divas Chocolates e aos meus alunos.

Vocês fazem parte da minha história.

***********************************************
Sobre a panqueca de banana e cacau, sem cacau:

Num dia desses de tormenta, fui salva por Divinha que me lançou uma bóia em forma de panquecas. Fazer panquecas é uma das atividades mais comfort que existe. Uma misturinha despretenciosa, fácil… e que rende uma massa fofinha, gordinha, quentinha e gostosinha. Um excelente calmante para corações agitados e mãos nervosas.

Esta foi a primeira receita do meu livro, testada por mãe e filha. Aliás, quem ainda não viu o meu livro, dêem uma olhadinha na página da dedicatória que derreteu o coração de muitos leitores:
Dedicatória do LivroÓóunnnnnn… {hárara…}

Adoro tudo com cacau, óbvio. Mas na hora da receita não tinha na minha despensa, para a minha vergonha e decepção.

Casa de ferreiro, espeto de pau…

Panqueca de banana e cacau:
Extraído do meu livro “Loucuras de Chocolate”

Rendimento:
Cerca de 5 panquecas com 10 cm de diâmetro

Ingredientes:
* 70 g de farinha de trigo
* 7 g de fermento em pó
* ¼ colher (chá) de bicarbonato de
sódio
* 30 g de açúcar mascavo
* 10 g de açúcar refinado
* 7 g de cacau em pó
* ½ colher (chá) de canela em pó
* 1 ovo grande batido
* 120 ml de leite
* 12 g de manteiga derretida
* 3 bananas firmes e maduras do tipo “nanica” cortadas em rodelas com cerca de 1 cm de espessura

Modo de fazer:
Em uma vasilha, peneire os ingredientes secos: a farinha, o fermento em pó, o bicarbonato, os dois tipos de açúcar, o cacau e a canela em pó. Em outra vasilha, junte o ovo batido, o leite e a manteiga derretida. Bata bem e só então adicione os ingredientes secos.
Aqueça uma frigideira antiaderente com um pouquinho de manteiga. Disponha 5 fatias de banana na frigideira e em seguida verta da massa de panqueca.
Abaixe o fogo e deixe cozinhar por cerca de 4 minutos ou até que bolhas se formem em sua superfície e que o fundo esteja douradinho.

Dica: Caso deseje mais praticidade, pique as bananas e misture à massa antes de levá-la à frigideira.
Para evitar que a panqueca se quebre ao virar, vire-a sobre outra frigideira aquecida com manteiga e finalize o cozimento. Coloque em um prato e sirva imediatamente.

*Uma combinação deliciosa seria servi-la com maple syrup, mas você pode optar também por mel ou uma misturinha de açúcar e canela.


Chocopop de limão Diet

Chocopop HalloweenA intenção era postar esta receita com cara de Halloween no seu mês comemorativo… hárara. No entanto, acredito que a beleza do blog se deve ao fato dele ser um acervo permanente de receitas.

Espero que esta sugestão seja de grande valia para alguma criança diabética no Halloween do ano que vem ou numa festinha qualquer. Caso não tenha paciência {igual da Jó quem vos fala}, faça apenas uma bolinha mergulhada no chocolate branco, ao leite ou amargo diet e enfeite com um laço de fita colorido. Certamente alegrará e muito o dia de uma pessoa.

Se você não tiver problema em relação ao acúcar, você pode substituir o chocolate diet pelo regular.

Ingredientes: rendimento 20 chocopops com base de 15g
260g de chocolate branco diet Nestlé picado
35g de creme de leite UHT com 25% de gordura
25g de suco de limão tahiti peneirado
25g de manteiga sem sal derretida

Será necessário:
Palito curto plástico para pirulito

Cobertura:
Cerca de 400g de chocolate branco diet Nestlé
Cerca de 100g de chocolate amargo diet Nestlé para desenhar o rostinho

Modo de Fazer:
Derreta o chocolate branco diet em banho-maria. Em um recipiente, misture o creme de leite, a manteiga derretida o suco de limão. Verta esta mistura no chocolate derretido. Misture até obter uma massa lisa, homogênea e sem grumos. Leve à geladeira até firmar, por cerca de 1 hora. Passado este tempo, faça bolinhas, espete um palito plástico e mantenha na geladeira até o momento do banho.

Para cobrir as bolinhas com chocolate, derreta o chocolate branco em banho-maria. Dê o choque térmico/temperagem apropriado e banhe em seguida as bases mantidas em refrigeração. Não dê muita atenção ao excesso, pois ele será a barra da ‘roupagem’ do fantasminha. Depois de seco, faça os detalhes do rosto, utilizando chocolate amargo derretido e temperado (choque térmico) disposto em um saquinho e a ponta cortada com uma tesoura.
Chocopop Halloween


Livro Chocolatria: Loucuras de Chocolate

DivinhaApós uma gestação difícil e exageradamente prolongada, o livro Chocolatria nasceu. E ele é lindo como os seus irmãos. Intenso e chocolático como a mãe.

Na última segunda-feira, foi o lançamento oficial do livro e a noite de autógrafos na livraria Saraiva do Shopping Paulista. Devo-lhes dizer que ainda estou em estado de anestesia, mediante a presença comovente do meu público leitor, alunos, amigos e minha família.

Alguns chegaram antes de mim, horas antes do início do evento. Outros atravessaram fronteiras estaduais. Muitos levaram a família em peso a tiracolo. Que alegria receber de surpresa uma querida amiga de Montréal de passagem!

Um tempo médio de duas horas de espera na fila, regado a muito chocolate na veia. Esta estratégia funcionou bem, pois apesar da demora da espera, as pessoas chegaram até a mim no pico máximo de endorfinas… hárara… empolgadíssimas e emocionadas.

Obrigada pela compreensão e paciência! Desculpe àqueles que não puderam enfrentar a fila.

Curti cada minuto e o tempo passou como um suspiro. Vibrei com a notícia de superarmos a venda em 3x em relação média de uma noite de autógrafos e com a grande receptividade do livro pelas pessoas. Seguem algumas imagens lindas, produzidas pelo fotógrafo Eduardo Soares Tavares, que captou a magia do ambiente e das pessoas.

Não tenho palavras de como agradecer todo carinho recebido, mas vou tentar… OBRIGADA, OBRIGADA E OBRIGADASSSSSS!!!
Noite de autógrafosNoite de autógrafos
Você pode adquirir o seu livro nas seguintes livrarias:
Livraria Saraiva
Livraria Siciliano
Livraria Cultura

Para quem mora fora do Brasil:
Livraria Cultura

Obrigada a todos pelo carinho!


Espaço Chocolatria

Espaço ChocolatriaO sumiço tem justificativas.

Olheiras presentes no meu rosto desbotado. Estado constante de anestesia. Mais do que nunca, a minha hiperatividade foi colocada em questão… conseguiria a malabarista equilibrar vários pratinhos na ponta de varetas simultaneamente?

Apesar do cansaço, estou vivenciando um momento único em minha vida e o que me apoia é justamente esta comoção envolvida. Cinco meses após ter parido Divinho, iniciei uma reforma para abrigar o futuro espaço Chocolatria em São Paulo.

Dez anos de trabalho foram necessários para tal empreitada. Não vislumbrem um espaço ostentador de luxúrias, megalomaníaco, tampouco de provações. Será apenas o meu cafofo, onde estarei praticando o que faço de melhor. Lá abrigarei um espaço de aulas, darei consultoria individual, faremos o atendimento de nossa clientela e ensaiaremos uma pequena loja para o público varejista. Finalmente, teremos a oportunidade de receber o público cativo Chocolatria para um chocolatinho. Vocês não fazem idéia de como isso me emociona. Terei também o acalento da presença de minha querida parceirona Juliana Cussiol no espaço. Amiga, parceira de trabalho e que faz um trabalho fantástico de suportes, caixas e lembranças personalizadas. Melhor impossível.

Status: com um sorriso de orelha a orelha e um orgulho danado por ter conquistado cada tijolo e argamassa desta empreitada, através do meu trabalho como chocolatier.

Espaço Chocolatria

A casa da mãe que receberá com todo amor a família Chocolatria!! {sim, vocês!}.

Obrigada por toda ajuda, vibrações e mensagens recebidas, caros amigos. Sem vocês, nada disso faria sentido.

Um grande abraço e…

QUE COMIECE LA FIESTA!!
Simone Izumi
Espaço Chocolatria


Jujuba de feijão - ”Promoção Camil: com seu tempero fica muito mais gostoso”

Jujuba de feijãoAté conhecer a guacamole, repugnava a idéia de comer abacate temperado como salada. Como assim? Para mim, a combinação de açúcar e suco de limão era perfeita. Para que mexer no que dá certo?

Anos e anos atrás, o meu irmão mais velho fez um intercâmbio em terras americanas. Morou por um tempo na casa de uma senhorinha. Senhorinha fofa, a ponto de querer lhe agradar preparando uma refeição típica de seu país.

Vocês comem feijão com arroz no Brasil? Que exótico!

Horas depois, o meu irmão empurrava goela abaixo uma generosa porção de arroz com feijão… doce. Com um sorriso ‘verde-amarelo’, disse que durante a refeição quase escorreu uma lágrima em seu rosto.

Feijão doce pode causar certa estranheza para alguns de vocês, mas aposto uma jujubinha {de feijão} que você não torceria o nariz para esta versão. Baseado no amanattodoce típico japonês – apresento uma versão abrasileirada e ultra simplificada da original. Há tempos desejava testar uma versão de amanatto e os ventos conspiraram a favor. Semana atrás, recebi uma caixinha de feijão Camil pronto para uso via correios, acompanhado de uma cartinha divulgando este concurso de receitas. A Camil é uma das empresas participantes do 2o. Encontro Gourmet de blogueiros {a ser realizado no dia 02 de novembro e organizado pelas super poderosas Cecilia Padilha, Sandra Reis e Dani Abolin} e este concurso é um simpático aquecimento do evento que promete dar o que falar.

Oraoraora… feijão… amanatto…concurso de criatividade. Por que não?

Deu muito certo e com orgulho, digo que Divo Pai aprovou e Divinha adorou.
Jujuba de Feijão
Ingredientes:
1 pacote de feijão pronto para uso Camil
1 xícara (chá) de açúcar
2 xícaras (chá) de água

Modo de Fazer:
Escorra a água da caixinha de feijão pronto. Reserve.
Leve a mistura de água e açúcar em uma panela de fundo grosso. Ferva até o açúcar se dissolver por completo. Desligue o fogo e adicione os feijões coados. Guarde esta imersão dos feijões em calda em um pote fechado, de um dia para o outro na geladeira.

Colocar em um saco plástico limpo e grande:
1+1/2 xícara (chá) de açúcar
1+1/2 colher (sopa) de canela em pó

Modo de Fazer:
Chacoalhe a mistura de açúcar e canela para que os dois ingredientes se misturem.
Coe o feijão adormecido em calda e descarte a calda de açúcar. Disponha os grãos de feijão no saco plástico, na mistura de açúcar e canela. Torça a ponta do saco e chacoalhe para que todos os grãos sejam envolvidos no açúcar. Despeje esta mistura em uma peneira grossa, reservando a mistura de açúcar e canela restante. Disponha o feijão açucarado em uma assadeira forrada com papel alumínio e leve ao forno pré-aquecido a 180oC por cerca de 30 minutos. Durante este tempo, o feijão soltará água e o açúcar irá caramelizar, formando um caramelo ralo. Passado este tempo, coe o feijão com uma escumadeira (ou peneira de metal) e jogue o feijão na mistura de açúcar e canela reservada, envolvendo-a por completo. Deixe esfriar por completo. Quando estiver frio, acondicione em potes bem fechados.
Jujuba de feijão


Bolo de brigadeiro e framboesas

Bolo de brigadeiro e framboesas
Status: Atarantada, com a língua de fora e levando em paralelo uma porção de projetos bacanas. Entusiasmada, ligada nos 440V, ora insomníaca, ora sonolentíssima. Idéias borbulhando na cabeça, muita fé e diversão. Lambendo os filhos. Olheiras em destaque e uma vontade infinita de levar Divinha para pular ondas na praia numa segunda-feira qualquer.

Ótima semana para todos.

Segue um bolo escandaloso de gostoso para vocês.

Grande abraço,
Simone
charlote5
A massa é delicada e pouco doce, por isso a bomba calórica no recheio. As framboesas contribuem no equilíbrio de doçura. Levei este bolo numa festinha e não sobrou uma lasquinha para contar história.

Ingredientes do bolo:
5 ovos
1 xícara (chá) de açúcar refinado
1.3/4 xícara (chá) de farinha de amêndoas
1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
1 colher (sobremesa) de fermento em pó
1/2 xícara (chá) de creme de leite
1/4 xícara (chá) de leite

Modo de Fazer:
Unte e polvilhe uma fôrma redonda, de cerca de 25 cms de diâmetro. Forre o fundo com um disco de papel manteiga, também untado e polvilhado.
Em um bowl, misture a farinha de amêndoas, a farinha de trigo e o fermento em pó.
Separe as gemas das claras em neve. Misture as gemas com o açúcar refinado com o auxílio de um fouet. Adicione o creme de leite, o leite e misture até obter uma mistura homogênea. Agregue a mistura das farinhas e misture delicadamente até incorporar.
Bata as claras em neve e adicione à mistura. Misture delicadamente, somente o suficiente para agregar.
Leve ao forno pré-aquecido a 180oC e asse por cerca de 40-50 minutos, ou até espetar um palito e este sair seco. Deixe esfriar por completo para só então fazer 2 cortes, obtendo 3 discos de bolo.
charlote8
charlote6

Recheio:
1 lata de leite condensado Moça
1 colher cheia (cerca de 25 g) de manteiga sem sal
20g de cacau em pó
100 g de chocolate meio amargo ou amargo
200ml de creme de leite

Modo de Fazer:
Leve todos os ingredientes em uma panela de fundo grosso ao fogo. Ao menor sinal de fervura, abaixe o fogo e cozinhe pacientemente até a massa encorpar e obter ponto de mingau grosso. Desligue o fogo e deixe esfriar.

Complemento do recheio: opcional
Cerca de 300g de dulce de leche argentino (opcional)
charlote7
Cobertura de ganache:
250g de chocolate meio amargo
150g de creme de leite com 25% de gordura

Modo de Fazer:
Derreta o chocolate em banho maria ou no microondas na potência média. Quando estiver liso e homogêneo, adicione o creme de leite. Misture vigorosamente com uma espátula. Reserve.

Decoração:
2 caixas de framboesas frescas
Cerca de 100g de crispearls dark – bolinhas crocantes amargas belgas
1 caixa de biscoitos champagne
Fita

Montagem:
Corte o bolo em duas partes, obtendo deste modo 3 discos de bolo. Aplique metade do recheio de brigadeiro e dulce de leche em um disco. Cubra com o segundo disco e repita a operação, finalizando com o último disco de bolo. Cubra todo o bolo com a cobertura de ganache, alisando com o auxílio de uma espátula. Disponha os biscoitos champagne em toda lateral do bolo. Enfeite com framboesas, crispearls e arremate o seu bolo com uma fita rendada.
charlote2